Jackpot Fishing

Jackpot Fishing - Ações de Ambev (ABEV3) e de bancos caem em meio a falas de Haddad sobre fim do JCP

Nesta segunda-feira, ministro da Fazenda afirmou que o governo estuda acabar com os juros sobre capital próprio no ano que vem

Equipe Jackpot Fishing

O ministro da Fazenda Fernando Haddad em entrevista coletiva (Diogo Zacarias)

Publicidade

A sessão foi positiva para o Ibovespa, que subiu 0,94% e superou os 121 mil pontos, mas foi negativa para algumas ações da Bolsa brasileira.

Parte do movimento negativo de diversas ações de peso da Bolsa é atribuído a declarações de integrantes do governo sobre a reforma tributária, ainda que algumas das mudanças já sejam esperadas para a segunda fase da reforma.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, confirmou nesta segunda-feira (24), que o governo estuda acabar com os juros sobre capital próprio (JCP) no ano que vem.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“É uma das medidas que está sendo elaborada pela Fazenda”, disse ele. A medida se insere no objetivo do governo de tentar elevar a arrecadação para zerar o déficit das contas públicas em 2024, conforme previsto no novo arcabouço fiscal.

Não é a primeira vez que o ministro fala sobre o assunto. Desde abril, o ministro já havia tratado sobre o tema. “Há empresas que não têm mais lucro e, portanto, não pagam imposto de renda. O que elas fizeram? Transformaram o lucro artificialmente em Juro sobre Capital Próprio“, disse na ocasião.

Leia mais:

Continua depois da publicidade

Com isso, as ações da Ambev (ABEV3), grande pagadora de JCPs, fecharam em queda de 1,18%, a R$ 15,12, intensificando as perdas durante a tarde. Hypera (HYPE3) teve queda de 0,99%, a R$ 44,20

As ações de bancos também tiveram desvalorização, caso de Bradesco (BBDC4, -2,70%), Banco do Brasil (BBAS3, -1,96%) e Itaú (ITUB4, -1,59%), enquanto Santander Brasil (SANB11, -0,77%) teve perdas mais brandas.

Cabe ressaltar ainda que, para o setor, além do noticiário sobre JCP, estão as expectativas para a temporada de balanços, que inaugura com os números do Santander na quarta-feira.

Do lado negativo, espera-se que Bradesco e Santander Brasil apresentem mais um conjunto de resultados fracos devido a pressões persistentes sobre a margem financeira, despesas operacionais e provisões de crédito, enquanto analistas projetam novamente números mais positivos para Banco do Brasil e Itaú.

Jackpot Fishing Mapa do site