Jackpot Fishing

Jackpot Fishing - Controlador da Alliar (AALR3) pede à CVM mais prazo para OPA

O fundo também se compromete a "reduzir o intervalo entre deferimento do registro pela CVM e publicação do edital", segundo a Alliar

Reuters

Publicidade

SÃO PAULO, 14 Fev (Reuters) – A companhia de medicina diagnóstica Alliar (AALR3) anunciou nesta terça-feira que seu controlador pediu à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) prazo adicional para a apresentação de toda a documentação necessária para a realização de uma oferta pública de aquisição de ações (OPA).

A empresa afirmou que o acionista controlador, Fonte de Saúde Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia, tinha prazo até a véspera para apresentar contrato de instituição intermediária da OPA, mas que não conseguiu cumpri-lo porque não chegou a um acordo com a Trustee para participasse do processo.

“Nesta data, o ofertante (controlador da companhia) está em estágio avançado de negociação com uma instituição financeira de primeira linha, estando pendentes determinados aspectos operacionais necessários à formalização da assinatura do contrato de intermediação”, afirmou a Alliar em fato relevante ao mercado.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“O ofertante requisitou à CVM um tratamento excepcional para concessão de prazo adicional para apresentação da documentação completa até 17 de março de 2023”, segundo a companhia.

Caso a CVM aceite o pedido, a Alliar afirmou que o fundo controlador da empresa se comprometeu a reduzir o prazo entre a publicação do edital da OPA e a data do leilão de 45 para 30 dias.

O fundo também se compromete a “reduzir o intervalo entre deferimento do registro pela CVM e publicação do edital”, segundo a Alliar.

Jackpot Fishing Mapa do site