Jackpot Fishing

Jackpot Fishing - Gestora WNT eleva fatia na Light (LIGT3), CCR (CCRO3) tem extensão na concessão Castello-Raposo e mais notícias

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta quinta-feira (29)

Felipe Moreira

(Divulgação)

Publicidade

O radar corporativo desta quinta-feira (29) traz a oferta não solicitada do bilionário colombiano Jaime Gilinski para a aquisição da totalidade da participação societária do GPA (PCAR3) no Grupo Éxito.

A CCR (CCRO3), por sua vez, obteve por meio de sua controlada ViaOeste uma extensão de pouco mais de um ano no contrato de concessão do Sistema Rodoviário Castello Branco-Raposo Tavares.

Já a Eletrobras (ELET3;ELET6) informou que sua controlada Eletronorte alongou por 5 anos sua dívida junto ao Bradesco no valor de R$ 583,3 milhões.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A Jalles Machado (JALL3) lucrou R$ 692,3 milhões na Safra 2022/23, um aumento de 78,5% em relação aos R$ 387,9 milhões da Safra 2021/22.

Ibovespa hoje: acompanhe o que movimenta Dólar, Juros e Bolsa Ao Vivo

A Light (LIGT3) comunicou que a WNT Gestora de Recursos passou a deter, por meio dos fundos de investimento e carteiras administradas por ela geridos, 104.524.700 ações ordinárias, equivalente a participação de 28,06% do capital social da companhia.

Continua depois da publicidade

Confira mais destaques:

GPA (PCAR3)

O GPA (PCAR3) anunciou na noite de quarta que o bilionário colombiano Jaime Gilinski apresentou à companhia uma oferta não solicitada e não negociada previamente para a aquisição da totalidade da participação societária do GPA no Grupo Éxito.

Segundo fato relevante, a oferta vinculante — válida até 7 de julho — tem valor equivalente a US$ 836 milhões, a ser pago em dinheiro pela participação acionária total de 96,52% do GPA no Éxito.

CCR (CCRO3)

A CCR informou que foi celebrado o 26º Termo Aditivo Modificativo (TAM) ao contrato de concessão, firmado por sua controlada direta, a Concessionária de Rodovias do Oeste de São Paulo (ViaOeste), com o Estado de São Paulo.

Diante da inexistência de tempo hábil para conclusão do novo leilão, a Secretaria de Parcerias em Investimentos do Estado de São Paulo indicou à ViaOeste a necessidade de extensão do prazo até 29 de março de 2025. A previsão para encerramento do prazo do contrato é 13 de fevereiro de 2024.

Light (LIGT3)

A Light (LIGT3) comunicou que a WNT Gestora de Recursos, ligada a Nelson Tanure, passou a deter, por meio dos fundos de investimento e carteiras administradas por ela geridos, 104.524.700 ações ordinárias, equivalente a participação de 28,06% do capital social da companhia.

A WNT esclarece que a referida participação foi adquirida com o objetivo de aumentar a exposição dos fundos de investimento sob sua gestão, não havendo, contudo, qualquer acordo ou contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da companhia por parte dos fundos.

Jalles Machado (JALL3)

O Lucro Líquido da Jalles Machado foi de R$ 692,3 milhões na Safra 2022/23 (+78,5%) em relação aos R$ 387,9 milhões
da Safra 2021/22, devido ao Ganho por Compra Vantajosa de R$ 428,0 milhões contabilizado.

Eletrobras (ELET3;ELET6)

A Eletrobras (ELET3;ELET6) informou que sua controlada Eletronorte alongou por 5 anos sua dívida junto ao Bradesco no valor de R$ 583,3 milhões.

Com isso, o novo vencimento será em 2028, com taxa de juros de CDI + 2,17% ao ano.

Gafisa (GFSA3)

A Gafisa informou que, nesta quarta-feira, foi celebrado o termo de fechamento da operação de alienação da totalidade de sua participação no empreendimento denominado “Fasano Itaim” – equivalente a 80% do empreendimento – além da operação do hotel, concluindo essa transação.

Nexpe ([ativo=NEXP3])

O Conselho de Administração da Companhia aprovou, em 18 de abril de 2023, financiamento extraconcursal na modalidade “debtor-in-possession”, no valor de até R$ 26 milhões por meio da emissão de notas comerciais escriturais, não conversíveis em ações, em série única, para distribuição privada, com a realização de 06 emissões, sendo a primeira no valor de R$ 16 milhões, a ser realizada em até três dias úteis contados da publicação da decisão que homologar o financiamento e as demais nos meses subsequentes, em emissões sucessivas de R$ 2 milhões, iniciando-se em 3 de julho de 2023 e as restantes no primeiro dia útil dos meses subsequentes.

Jackpot Fishing Mapa do site