Jackpot Fishing

Jackpot Fishing - Hapvida (HAPV3) emitirá debêntures, Copasa (CSMG3) divulga política de dividendos; GPA (PCAR3) divulgará resultados e mais

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta segunda-feira (27)

Felipe Moreira

Publicidade

O radar corporativo desta segunda-feira (27) tem como destaque a emissão de debêntures pela Hapvida (HAPV3), no montante de R$ 750 milhões.

A Oi (OIBR3) já está preparando os documentos para dar entrada a um novo pedido de recuperação judicial nesta semana, diz jornal.

Já o Magazine Luiza (MGLU3) aprovou na sexta-feira (24) um novo programa de recompra de ações, com a duração prevista para 18 meses.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O conselho de administração da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), por sua vez,  definiu que a distribuição de dividendos regulares, para o exercício de 2023, será mantida entre o mínimo obrigatório e a faixa máxima de 50% do lucro líquido, sob a forma de juros sobre o capital próprio (JCP) e/ou dividendos.

A temporada de resultados volta a ganhar força, com divulgação de resultados do quarto trimestre de 2022 (4T22) GPA (PCAR3), Intelbras (INBR3), AES Brasil (AESB3), EDP – Energias do Brasil (ENBR3) e Fras-Le (FRAS3).

Ibovespa hoje: acompanhe o que movimenta o mercado nesta segunda-feira

Continua depois da publicidade

Com relação ao GPA, para o Credit Suisse, deve trazer alguns resultados positivos no que tange sua mudança de negócios, com as lojas de proximidade, como Minuto Pão de Açúcar e Mercado Extra, continuando a trazer bons resultados.

O IRB iria divulgar seus números após o fechamento do mercado, mas informou na manhã desta segunda ter alterado a divulgação dos seus números para 8 de março. Para o IRB, a Genial Investimentos espera mais um trimestre com prejuízo total de R$ 43 milhões (-R$ 73 milhões de prejuízo recorrente, excluindo a venda do Casa Shopping) comparado a um prejuízo de R$ 299 milhões no 3T22 e R$ 371 milhões no 4T21, fechando o ano de 2022 com um prejuízo acumulado em R$ 635 milhões.

Confira mais destaques:

Hapvida (HAPV3)

A Hapvida (HAPV3) aprovou a emissão de R$ 750 milhões em debêntures, na sua 4ª emissão, em oferta restrita, direcionada apenas a investidores profissionais.

A emissão será realizada em série única, sendo que as Debêntures farão jus a juros remuneratórios correspondentes à 100% da variação acumulada das taxas médias diárias dos DI, acrescida exponencialmente de uma sobretaxa equivalente a 1,70% ao ano, base 252 dias úteis e terão vencimento em 2024.

Copasa (CSMG3)

A Copasa (CSMG3) informou que o Conselho de Administração, em reunião realizada na última sexta, definiu que a distribuição de Dividendos Regulares, para o exercício de 2023, será de 50% do Lucro Líquido, ajustado pela diminuição ou acréscimo dos valores especificados nos incisos I, II e III do art. 202 da Lei Federal nº 6.404/1976, sob a forma de Juros sobre o Capital Próprio – JCP e/ou dividendos.

A proposta será submetida à apreciação de Assembleia Geral Extraordinária, a ser oportunamente convocada.

Magazine Luiza (MGLU3)

O conselho de administração do Magazine Luiza (MGLU3) aprovou na sexta um novo programa de recompra de ações, com a duração prevista para 18 meses. A varejista anunciou que pretende adquirir 40 milhões de papéis a preços de mercado até o fim da nova rodada, prevista para acabar em 24 de agosto de 2024.

Segundo o Magalu, os recursos virão de reservas de lucro ou capital e dos resultados do exercício social em andamento. O momento de compra das ações será definido pela diretoria executiva da companhia.

Oi (OIBR3;OIBR4)

A Oi (OIBR3) já está preparando os documentos para dar entrada a um novo pedido de recuperação judicial nesta semana. A informação foi antecipada pelo jornal O Globo e confirmada pelo Estadão/Broadcast com executivos envolvidos nas discussões.

A companhia vinha negociando com os credores uma flexibilização nas condições de pagamento de suas dívidas, mas, até aqui, as partes não chegaram a um acordo. A tele entrou em recuperação judicial em 2016, com R$ 65 bilhões em dívidas. A sentença de encerramento do processo saiu em dezembro de 2022, mas a tele ainda carrega uma dívida de R$ 35 bilhões.

No início de fevereiro, a Oi obteve na Justiça uma tutela de urgência, instrumento de proteção temporária que livrou a companhia tanto do pagamento de dívidas quanto de sofrer execuções pelo prazo de 30 dias. A medida foi conferida pela 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro após a companhia informar que não conseguiria bancar dívidas com vencimento no último dia 5.

Multiplan (MULT3)

A Multiplan (MULT3) informou que a acionista T. Rowe Price Associates, Inc., representando um conjunto de investidores sob sua gestão, atingiu, de forma agregada, 28.455.450 ações ordinárias, representando uma participação de 5,03% do total.

Alliar (AALR3)

A Superintendência de Registro de Valores Mobiliários (SRE), da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), negou na sexta-feira (24) o registro para a oferta pública de aquisição de ações (OPA) da Alliar (AALR3) pelo fundo Fonte de Saúde, que é o controlador da empresa e é ligado ao empresário Nelson Tanure.

De acordo com a CVM, o indeferimento ocorreu porque o fundo não apresentou toda a documentação necessária dentro do prazo estabelecido.

“A documentação solicitada se refere ao contrato de intermediação da OPA devidamente assinado, junto a documentos que comprovem a capacidade de se realizar a garantia da liquidação financeira da Oferta”, disse a autarquia, em nota.

A comissão ressaltou que, por lei, o fundo ainda é obrigado a realizar a OPA, em um impasse que se arrasta desde meados de 2021.

Jackpot Fishing Mapa do site