Jackpot Fishing

Jackpot Fishing - JBS (JBSS3) encerra segundo trimestre com prejuízo de R$ 263,6 milhões

No mesmo período de 2022, empresa registrou lucro de quase R$ 4 bilhões

Fernando Lopes

(Shutterstock)

Publicidade

Correção: o primeiro parágrafo foi corrigido para pontuar que a JBS registrou prejuízo líquido

A JBS (JBSS3), maior empresa de proteínas animais do mundo, encerrou o segundo trimestre do ano com prejuízo líquido de R$ 263,6 milhões, ante lucro líquido de R$ 3,952 bilhões no mesmo período de 2022. Na mesma comparação, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado caiu 56,9%, para R$ 4,47 bilhões, e a receita líquida consolidada da companhia recuou 3%, para R$ 89,383 bilhões.

Segundo a empresa, os resultados foram diretamente afetados pelo excesso de oferta de aves no mercado global, que prejudicou a performance de sua controlada Seara, e pelas margens mais apertadas no negócio de bovinos nos Estados Unidos, que têm grande peso em seus resultados consolidados.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Mesmo com os desafios de mercado, investindo na expansão das nossas operações e distribuindo R$ 2,2 bilhões em dividendos, mantivemos a nossa dívida líquida em dólar estável. Estamos preparados para atravessar com segurança o atual cenário, já que alongamos o prazo médio de nossas dívidas, ampliamos a liquidez e reduzimos o custo do nosso endividamento”, afirma Gilberto Tomazoni, CEO global da JBS, em comunicado.

Entre abril e junho, 74% das vendas da JBS foram realizados nos mercados domésticos em que a empresa atua, e 26% vieram de exportações de proteínas.

Mesmo com margens menores, a JBS Beef North America continuou a liderar a receita líquida do grupo, com R$ 28,77 bilhões, um crescimento de 5,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

Continua depois da publicidade

Em seguida vieram as divisões Pilgrim’s Pride, que reúnem negócios de aves e processados do grupo nos EUA, com R$ 21,315 bilhões (queda de 6,4%), JBS Brasil, com R$ 13,986 bilhões (baixa de 0,9%), Seara, com R$ 10,31 bilhões (recuo de 3,5%), JBS USA Pork, com R$ 8,798 bilhões (retração de 15,3%) e JBS Australia, com R$ 7,471 bilhões (redução de 9,3%).

O Ebitda ajustado consolidado da companhia foi puxado por Pilgrim’s Pride (R$ 1,859 bilhão, queda de 48,9%), seguida por JBS Australia (R$ 710,4 milhões, baixa de 0,3%), JBS Brasil (R$ 675,7 milhões, baixa de 15,9%), JBS Beef North America (R$ 433,5 milhões, recuo de 85,8%), Seara (R$ 419,9 milhões, retração de 72,1%) e JBS USA Pork (R$ 386,3 milhões, redução de 43,2%).

Nas observações que divulgou sobre suas divisões, a JBS realçou que a diminuição da receita líquida da Seara, que reúne negócios de aves, suínos e alimentos processados, foi determinada pelo recuo das divisas geradas pelas exportações, e que as vendas no mercado doméstico permaneceram estáveis em R$ 5,1 bilhões.

No caso da JBS Brasil, onde estão abrigados os negócios de bovinos no país, houve recuperação em relação ao primeiro trimestre, quando o Brasil suspendeu temporariamente as exportações de carne bovina à China após a confirmação de um caso atípico da doença da “vaca louca” no Pará. As vendas também continuaram a ser impactadas positivamente pelo ciclo pecuário favorável, quando a oferta disponível de animais aumenta.

Para a JBS Beef North America, o ciclo pecuário é negativo, e as margens continuam sob pressão, e as exportações de carne bovina a partir dos EUA também foram prejudicadas por uma demanda na Ásia menor que a prevista. Para a JBS USA Pork, pesou a queda de preços da carne suína nos EUA, mas as exportações permaneceram aquecidas. Na JBS Australia, as vendas cresceram no mercado interno, mas houve retração das exportações.

A despesa financeira da dívida líquida consolidada da companhia aumentou 20,9% no segundo trimestre em relação a igual intervalo de 2022, para R$ 1,311 bilhão.

Em 30 de junho, a dívida líquida estava em US$ 16,7 bilhões (R$ 80,3 bilhões), US$ 168 milhões a mais que um ano antes, e a JBS tinha R$ 13,5 bilhões em caixa e contava com R$ 3,3 bilhões disponíveis em linhas de crédito rotativas, sem garantia real – US$ 2,9 bilhões na JBS USA e US$ 450 milhões na JBS Brasil.

Em real, a alavancagem (relação entre dívida líquida e Ebitda em 12 meses) subiu para 3,87 vezes, ante 1,64 vez no fim no segundo trimestre de 2022.

Fernando Lopes

Cobriu o setor de energia e foi editor do semanário Gazeta Mercantil Latino-Americana até 2000. Foi editor de Agro no Valor Econômico até fevereiro de 2023.

Jackpot Fishing Mapa do site