Jackpot Fishing

Jackpot Fishing - Pague Menos (PGMN3) reverte lucro e tem prejuízo de R$ 10 mi no 2º tri; anuncia aumento de capital de até R$ 400 mi

Companhia publicou seus resultados do segundo trimestre nesta noite de segunda-feira (7)

Felipe Moreira

Publicidade

A Pague Menos (PGMN3) obteve prejuízo líquido ajustado de R$ 10 milhões no segundo trimestre de 2023 (2T23), revertendo lucro de R$ 56,7 milhões do mesmo intervalo de 2022, informou a companhia nesta segunda-feira (7).

A empresa atribui o resultado “principalmente ao crescimento das despesas financeiras e Extrafarma, ainda em processo de turnaround”.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado totalizou R$ 271,5 milhões no 2T23, um crescimento de 28,9% em relação ao 2T22.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A margem Ebitda ajustada atingiu 9% entre abril e junho deste ano, baixa de 0,5 p.p. frente a margem registrada em 2T22.

Saiba mais:

Confira o calendário de resultados do 2º trimestre de 2023 da Bolsa brasileira

Continua depois da publicidade

O que esperar da temporada de resultados do 2º trimestre? Confira ações e setores para ficar de olho

A receita bruta somou R$ 3,003 bilhões no segundo trimestre deste ano, crescimento de 35,9% na comparação com igual etapa de 2022.

O lucro bruto atingiu a cifra de R$ 930,6 milhões no segundo trimestre de 2023, um aumento de 33,6% na comparação com igual etapa de 2022. A margem bruta foi de 31% no 2T23, baixa de 0,5 p.p. frente a margem do 2T22.

Já a margem de contribuição ficou em 11,8% no 2T22, um recuo de 0,9 p.p. na comparação anual.

As despesas gerais e administrativas consolidadas totalizaram R$ 81,5 milhões no 2T23, o equivalente a 2,7% da receita bruta, recuando 0,4p.p. em relação ao 1T23 e 0,5p.p. em relação ao 2T22. “A redução de despesas está relacionada a uma maior produtividade, além da evolução de captura de sinergias organizacionais entre as empresas”, explica a Pague Menos.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 166,6 milhões no segundo trimestre de 2023, uma elevação de 107,5% sobre as perdas financeiras da mesma etapa de 2022.

No ano de 2023 foram investidos 67,2 milhões, majoritariamente direcionados a abertura de novas lojas. O volume de capex representa uma redução de 49% em relação ao mesmo período do ano anterior, em decorrência da redução na expansão orgânica.

Em 30 de junho de 2023, a dívida líquida da companhia era de R$ 1,372 bilhão, um crescimento de 112% na comparação com a mesma etapa de 2022.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 1,6 vez em junho/23, alta de 0,7 p.p. em relação ao mesmo período de 2022.

Pague Menos aprova aumento de capital

O Conselho de Administração da Pague Menos aprovou aumento de capital, mediante subscrição privada de, no mínimo, 327,6 milhões e, no máximo, R$ 400 milhões.

O preço de emissão será de R$ 4,26 por papel de emissão da empresa.

Os acionistas terão direito de preferência para subscrever ações na proporção de 0,20303346 nova ação ordinária para cada 1 ação de que forem titulares no fechamento do pregão da B3 do dia 10 de agosto de 2023 (Data de Corte), sendo, portanto, as ações de emissão da Companhia negociadas ex-direito de subscrição a partir de 11 de agosto de 2023.

Segundo fato relevante, os recursos serão utilizados para: (i) fortalecimento da estrutura de capital da companhia de forma a permitir que ela continue a executar o seu plano de negócios de longo prazo; e (ii) melhora da posição de caixa e a redução da alavancagem financeira consolidada.

Jackpot Fishing Mapa do site