Jackpot Fishing

Jackpot Fishing - FII de hotel está entre as novidades de prévia do novo Ifix; conheça o fundo

5 FIIs deixariam o índice: dois de recebíveis, um agro, um de logística e o CARE11, primeira fundo focado em cemitérios

Wellington Carvalho

Publicidade

A B3 divulgou a segunda prévia da carteira teórica do Ifix – índice dos FIIs mais negociados na Bolsa –, que vai vigorar entre os meses de setembro e dezembro. A Bolsa brasileira manteve as mudanças sugeridas na primeira prévia, divulgada no início de agosto.

Desta forma, a composição da carteira teórica seria reduzida dos atuais 111 para 109 fundos imobiliários. O FII de hotel Hotel Maxinvest (HTMX11) está entre as novidades do novo portfólio. Confira os fundos que entram:

TickerFundoSegmento
BROF11BRPR Corporate OfficesLajes
HTMX11Hotel MaxinvestHotel
RBRX11RBR MultiestratégiaMultiestratégia

Fonte: B3

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do Jackpot Fishing

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Assim como ocorreu na primeira prévia, a segunda também atualiza o ticker do Tellus Rio Bravo Renda Logística (TRBL11) – que antes se chamava SDI Rio Bravo Renda Logística e utilizava o código SDIL11.

De acordo com a segunda prévia do Ifix, cinco fundos deixariam o índice: dois de recebíveis, um agro, um de logística e o Brazilian Graveyard and Death Care (CARE11) – primeira carteira do mercado focada no segmento de cemitérios. Confira os fundos que saem:

TickerFundoSegmento
CARE11Brazilian Graveyard and Death CareCemitério
JPPA11JPP Capital RecebíveisRecebíveis
MORC11More Recebíveis ImobiliáriosRecebíveis
QAGR11Quasar AgroAgro
VTLT11Votorantim LogísticaLogística

Fonte: B3

Continua depois da publicidade

A B3 divulga regularmente três prévias das novas composições dos índices: a primeira prévia, no primeiro pregão do último mês de vigência da carteira em vigor; a segunda prévia, no pregão seguinte ao dia 15 do último mês de vigência da carteira em vigor; e a terceira prévia, no penúltimo pregão de vigência da carteira em vigor.

FII Hotel Maxinvest (HTMX11)

Em operação desde fevereiro de 2007, o Hotel Maxinvest (HTMX11) tem um patrimônio líquido de R$ 207 milhões e uma base de 26 mil cotistas.

O portfólio do fundo é composto por 489 unidades hoteleiras (quartos) em 22 hotéis de São Paulo (SP). Os espaços estão distribuídos em empreendimentos administrados por bandeiras como Accor, Estanplaza, IHG e Intercity.

De acordo com o último relatório gerencial do fundo, o setor hoteleiro sofreu bastante com as restrições impostas pela pandemia da Covid-19 nos últimos anos, mas já dá sinais de recuperação.

“É válido salientar que a pandemia da Covid-19 afetou drasticamente o setor hoteleiro e, consequentemente, o valor das unidades”, confirma o documento. “No entanto, tem-se notado uma recuperação de desempenho dos hotéis que possibilitará uma retomada nas vendas em médio prazo”, projeta o texto.

Em agosto, o HTMX11 pagou R$ 1,87 por cota, equivalente a uma taxa de retorno com dividendos de 1,42%. Em 12 meses, o percentual está em 10,23%.

Leia também:

Ifix hoje

Na sessão desta quarta-feira (16), o Ifix – índice dos fundos imobiliários mais negociados na Bolsa – opera no campo negativo. Às 12h31, o indicador registrava queda de 0,02%, aos 3.213 pontos. Confira os demais destaques do dia.

Maiores altas desta terça-feira (16):

TickerNomeSetorVariação (%)
IRDM11Iridium Recebíveis ImobiliáriosTítulos e Val. Mob.1,54
RBRP11RBR PropertiesHíbrido1,21
CARE11Brazilian Graveyard and Death CareCemitérios1,02
BPFF11Brasil Plural AbsolutoTítulos e Val. Mob.0,78
SARE11Santander RendaHíbrido0,77

Maiores baixas desta terça-feira (16):

TickerNomeSetorVariação (%)
LVBI11VBI LogísticoLogística-2,26
DEVA11DevantTítulos e Val. Mob.-1,55
HFOF11Hedge Top FoF IIFoF-1,32
BRCO11Bresco LogísticaLogística-1,09
KFOF11Kinea FoFFoF-1,04

Fonte: B3 

Leia também:

Cotas de final 12 viram pó após subscrição de FII? Entenda os códigos e evite erros nas ofertas

O mercado de fundos imobiliários ganhou mais de 200 mil novos investidores em 2023 e, para os iniciantes, as ofertas de novas cotas podem induzir a um erro aparentemente básico, mas que pode machucar o patrimônio dos menos atentos.

“A maior confusão que a gente vê é o investidor comprar direitos de subscrição achando que são as cotas do fundo imobiliário”, diz Eric Sala, analista da DVInvest. “O investidor acha que a suposta cota está mais barata e, muitas vezes, perde dinheiro neste processo”.

O risco aumenta em momentos de concentração de ofertas, como o atual. Neste ano, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou 110 emissões de novas cotas de fundos imobiliários. Se todas alcançarem o objetivo inicial, o segmento deve captar algo próximo a R$ 17 bilhões.

Dada a quantidade de novas emissões, o investidor de FII pode se deparar com ativos com códigos diferentes no seu portfólio. Saber o que significa cada um deles é fundamental para evitar confusão e prejuízo.

Leia também:

Wellington Carvalho

Repórter de fundos imobiliários do Jackpot Fishing. Acompanha as principais informações que influenciam no desempenho dos FIIs e do índice Ifix.

Jackpot Fishing Mapa do site